A influência da música no corpo humano: fatos interessantes da história e da modernidade

Desde o nascimento, uma pessoa é cercada por vários ritmos musicais. Ao mesmo tempo, muitas pessoas não pensam na influência da música no corpo humano. Enquanto isso, várias melodias servem como uma espécie de diapasão para o organismo, capaz de ajustá-lo para a autocura.

A questão da influência da música no corpo humano é relevante desde os tempos antigos. Mesmo assim, sabia-se que, com a ajuda da música, você pode causar alegria, aliviar a dor e até curar doenças graves. Assim, no antigo Egito, a insônia foi tratada com canto coral e alívio da dor. Médicos da antiga China até escreviam melodias musicais como receita médica, acreditando que a música poderia curar qualquer doença.

O grande matemático e cientista Pitágoras sugeriu usar a música contra a raiva, raiva, delírios e passividade da alma, bem como usá-la para o desenvolvimento da inteligência. Seu seguidor Platão acreditava que a música restaurava a harmonia de todos os processos do corpo e de todo o universo. Avicena usou a música de maneira muito eficaz no tratamento de pessoas com doenças mentais.

Na Rússia, para o tratamento de dores de cabeça, doenças das articulações, a remoção de danos e os maus olhos usaram a melodia do toque do sino. Os cientistas modernos explicaram isso pelo fato de que sinos têm radiação ultrassônica e ressonante, que pode destruir instantaneamente a maioria dos vírus e patógenos de doenças perigosas.

Mais tarde, foi cientificamente comprovado que a música pode aumentar ou diminuir a pressão arterial, participar das trocas gasosas, do sistema nervoso central, afetar a profundidade da respiração, o ritmo das contrações cardíacas e quase todos os processos vitais. Além disso, durante experimentos especiais, a influência da música na água e no crescimento das plantas foi estabelecida.

A influência da música no humor de uma pessoa

A música, como nenhum outro fator, ajuda a pessoa a superar as dificuldades da vida. Ela é capaz de criar, melhorar ou sustentar seu humor, e também carregar energia durante o dia todo ou relaxar no final do dia de trabalho.

De manhã, é preferível ouvir motivos revigorantes e rítmicos que finalmente farão você acordar e sintonizar novos objetivos. Melodias calmas são mais adequadas à noite, contribuindo para o relaxamento, descanso e auto-regulação. Música calma antes de dormir é um ótimo remédio para a insônia.

Fatos interessantes sobre os efeitos musicais no corpo

  • A música de Mozart e as melodias étnicas ajudam a aliviar o estresse e controlar as emoções;
  • Melodias animadas e brilhantes melhoram a coordenação de movimentos, mobilidade e produtividade do trabalho, transferindo sua energia de movimento para as pessoas;
  • A música clássica é capaz de eliminar a tensão muscular, reduzir o nervosismo e melhorar o metabolismo;
  • A composição "Helter Skelter" do grupo mundialmente famoso "The Beatles" pode provocar dor no abdômen ou esterno nos ouvintes. E devido ao fato de que o ritmo dessa melodia é quase semelhante ao ritmo do cérebro humano, a coincidência de suas freqüências pode causar loucura em uma pessoa.

A influência da música no corpo humano é enorme, tudo no mundo é tecido de sons. Mas a música só ganha poder mágico quando uma pessoa recorre propositadamente a ela para melhorar seu estado psicoemocional. Mas a chamada música de fundo só pode causar danos ao corpo, porque é percebido como ruído.

Загрузка...

Deixe O Seu Comentário